Orientados para o Cliente

A HM Consultores é o resultado de um serviço estreito entre os seus colaboradores e clientes.  No âmbito da comemoração dos 32 anos de atividade do Grupo HM Consultores e no sentido de podermos promover os nossos serviços e demais clientes, fazemos questão que na quarta edição da newsletter do Grupo HM Consultores, o destaque seja dado a um dos nossos principais clientes, a Macro Group, nomeadamente através de uma entrevista a Cátia Rebelo, Diretora Geral do Grupo.

 

  • O Macro Goup é uma referência no setor dos moldes, com mais de 30 anos de atividade. Quais consideram ser as competências essenciais para este sucesso?

Somos uma organização familiar com mais de 30 anos de experiência em engenharia, produção de moldes e injeção de matérias plásticas. Consideramos que o sucesso destes mais de 30 anos Macro Group só foi possível com a oferta de soluções abrangentes e o desenvolvimento de um puzzle de competências, nomeadamente: 1) criação de um departamento interno de I&D; 2) diversificação de tipologia de produto e diversidade geográfica de parceiros; 3) formação contínua dos recursos humanos; 4) desenvolvimento de relações comerciais de parceria e confiança; 5) eficiência de custos, tendo sempre como objetivo o compromisso de concluir cada projeto com uma taxa de satisfação de 100%, quer dos nossos parceiros de negócio, quer do próprio Grupo.

  • Têm vindo a diversificar a vossa atividade dos moldes para a injeção de plásticos. Este é um fator de diferenciação crítico face à concorrência?

O Macro Group desenvolve projetos exigentes e complexos com parceiros de todo o mundo, para diversos setores industriais. A injeção de peças plásticas faz parte do nosso ADN desde 1993, data em que foi fundada a Macro Group Plastics. Esta unidade que iniciou atividade como um laboratório de testes, no qual se efetuavam ensaios e pré-produções de peças plásticas, está atualmente vocacionada para a injeção de peças técnicas de elevada complexidade, quer de produtos de marca própria, quer de produtos dos nossos parceiros de negócio. Foi, sempre com este espírito empreendedor, lançada recentemente uma loja on-line direcionada à divulgação e comercialização dos nossos produtos, bem como à gestão de encomendas dos nossos parceiros com produto próprio.

Hoje em dia não é possível desassociar o setor dos moldes do setor dos plásticos e é com base nesta premissa que assenta o nosso fator de diferenciação, uma vez que, o Macro Group não vende moldes ou peças plásticas, vende soluções. Soluções assentes num serviço de 360º, que abrange toda a cadeia de valor do setor, ou seja: engenharia, produção de moldes e acessórios, injeção de matérias plásticas e logística. A esta cadeia de valor acrescentamos a aposta contínua na tecnologia, na inovação e, sobretudo, na transmissão de “know-how” aos parceiros de negócio, pois é como uma parceria que são encaradas as relações comerciais que desenvolvemos.

  • O Sistema de Gestão da Qualidade, através da norma ISO 9001:2015, continua a ser considerado por muitas empresas como tendo pouco valor acrescentado e excessivamente burocrático. Qual é a vossa opinião em relação a este tema?

Apesar do Sistema de Gestão da Qualidade, através da norma ISO 9001:2015, apresentar alguma complexidade, acreditamos que este acrescenta valor às empresas, na medida em que visa a implementação de processos com vista à identificação e minimização de riscos (melhoria contínua), e ao apoio à gestão de topo, auxiliando as empresas a assegurar a conformidade dos seus produtos e/ou serviços, sempre com foco no aumento da satisfação das necessidades e expetativas dos seus clientes e de todas as partes interessadas.

Enquanto Grupo com empresas certificadas pela norma ISO9001:2015, comprometemo-nos a assegurar, de um modo evidente e transparente, às diversas partes interessadas (clientes, fornecedores, colaboradores, ou outros), um Sistema de Gestão da Qualidade adequado e que potencia a dinâmica da melhoria contínua do Grupo, consolidando assim a confiança dos nossos parceiros nos processos de conceção, planeamento, produção dos produtos e/ou serviços Macro Group.

  • O cluster dos moldes é dos mais utilizados como exemplo de cooperação positiva a nível nacional. Qual a sua visão sobre a dinâmica do setor?

A indústria dos moldes atingiu na última década recordes históricos e contínuos na produção e exportação de moldes, o que por si só demonstra o dinamismo deste setor. Estes recordes foram suportados com investimentos de capital intensivo por parte das organizações em áreas como: tecnologia, gestão do conhecimento, inovação e I&D. No mercado internacional, a indústria portuguesa de moldes encontra-se reconhecida num patamar de excelência, o que implica que as empresas estejam verdadeiramente atentas à evolução e ao futuro. Às empresas que operam em mercado global, expostas aos desafios de contexto económico nacional e internacional, é imperativa a adoção de culturas organizacionais dinâmicas, com capacidade de adaptação às pressões exercidas pelos diferentes mercados, à intensificação da concorrência e à crescente exigência dos seus parceiros.

  • Quais os principais desafios e objetivos para o futuro?

A indústria portuguesa de moldes atingiu nos últimos anos uma enorme notoriedade a nível global, potenciada pelo investimento das organizações deste setor em tecnologia de ponta, inovação e I&D. Este destaque coloca-nos novos desafios tais como: 1) a transformação digital, com a integração da digitalização e de novos conceitos (Industria 4.0); 2) a procura por novos materiais para dar resposta às crescentes preocupações ambientais e de desenvolvimento sustentável; 3) os desafios financeiros, com a necessidade na aposta contínua no investimento em equipamentos e tecnologia; 4) a urgência em atrair/reter e formar recursos humanos. O Macro Group tem como principais objetivos para o futuro:

    • aumentar a presença do Grupo em mercados estratégicos;
    • desenvolver parcerias “win-win” com novos players; e
    • Manter o lema “Focados e orientados para o Cliente”.

Sempre com a aposta na criação de valor pela participação em projetos inovadores.

Cátia Rebelo

Diretora Geral